Origem do Design Moderno

bauhausO design moderno do século XX, originou-se de movimentos artísticos que resultaram no seu desenvolvimento. No século XIX, na Inglaterra, o movimento moderno teve início através dos princípios e idéias de John Ruskin, crítico de arte que pregava valores estéticos com moralidade; William Morris, designer, poeta e teórico social, que promoveu e realizou a revalorização da tipografia clássica na impressão e nas técnicas artesanais do design de produtos. Logo no final do século, os arquitetos norte-americanos Louis Sullivan e Frank Lloyd Wright, aprimoraram as formas dando funcionalidade às construções.

No começo do século XX, através dos movimentos artísticos, o design sofreu mudanças incríveis no seu curso. E não podemos falar em design sem mencionar Bauhaus. A Bauhaus foi um centro de estudos que reuniu e consagrou grandes nomes da arte moderna. Unindo concepções artísticas e idéias colhidas das duas primeiras décadas do século, fez com que a escola tivesse como objetivo formar arquitetos, pintores e escultores em um ambiente de oficina. A escola é reconhecida como responsável pela introdução na arquitetura e no design de interior, considerada fundadora do design industrial.

Em 1919, Walter Groupius foi convidado a estabelecer a Bauhaus em Weimar, na Alemanha. Groupius introduziu materiais tecnológicos favorecendo a oficina artesanal do Bauhaus, já que Willians Morris, cinco anos antes, havia tentado fazer a criação do design com base na habilidade técnica industrial, porém, sem sucesso pelo seu excesso de romantismo. Em 1923, foi possível a criação da Bauhaus Press, com a direção de Moholy-Nagy, onde a tipografia tornou-se curso graduado em 1925.

O design, sob influência da Bauhaus, recebeu mestres incríveis como Paul Klee, Wassily Kandinsky, Moholy-Nagy, Josef Albers e Herbert Bayer. Paul Klee revolucionou a pintura através da sua visão einsteiniana e seu inconsciente freudiano; Wassily Kandinsky explorou a geometria e as cores primárias; Moholy-Nagy incentivou o uso da tecnologia através de fotos montadas e coladas, inovando as imagens visuais e simplificando a tipografia; Josef Albers intensificou o movimento do design bidimensional e a complexa teoria da cor; Herbert Bayer fundamentou o estilo tipográfico da Bauhaus, predominando as letras minúsculas para títulos e nomes.

Em 1933, depois do fechamento da Bauhaus, o design industrial começou a crescer e o design gráfico desenvolveu uma assimetria instituída. A tipografia se formava com novas expressões, as cores primárias como vermelho, amarelo e azul, receberam outra ênfase, assim como as formas primárias, o círculo, o quadrado e o triângulo. A publicidade se tornou importantíssima por ter sido curso da Bauhaus no final da década de 20. Passada a década de 60, o movimento artístico modernizado, chamado de “Pop”, caracterizou-se pelo estilo dadaísta com imagens mais comerciais do design gráfico, sendo aplicado na publicidade e na indústria de embalagem.

A procura do significado da palavra design moderno é difícil pelas inúmeras características que marcaram o novo estilo de trabalho. A mudança ocorrida nas cores primárias, nas formas e nas suas próprias projeções em terceira dimensão fizeram da época um momento de transformação originada dos movimentos artísticos.
O estilo moderno se adaptou através da influência de nove movimentos, tais como:

  • Art Nouveau, considerado o alarme falso do movimento moderno com a formação de um estilo artístico aplicado em pôsteres;
  • Cubismo, influenciou o design através da utilização da montagem e colagem, rompendo regras tradicionais de representação e forma;
  • Futurismo, estimulando os elementos de design através dos meios mecânicos;
  • Dadaísmo, trazendo ao designer as possibilidades do valor do humor e do chocante para despertar o observador, tornando o trabalho atraente, como também a reavaliação das formas tipográficas;
  • Surrealismo, usou a ilustração através do inconsciente, proposta por Sigmund Freud, aprimorando as fontes de inspiração para a comunicação visual;
  • Construtivismo, influenciou para a organização do design, onde os dadaístas e surrealistas haviam rompido certas barreiras da comunicação. Com a intervenção da Revolução Russa, foi possível criar uma nova proposta para a comunicação visual;
  • Art Déco, foi contrária à simplicidade do design moderno, desenvolvendo elegantes embalagens, extravagantes cenários e tipos de letra com filigranas, ousando no brilho e no colorido;
  • De Stijl e Bauhaus, respeitava um design assimétrico a partir da evolução do Cubismo proposta por Piet Mondrian. Após o fim da Bauhaus este estilo foi se expandindo às formas de material impresso como anúncios, cartazes, livros, folhetos e revistas.

Com o avanço da modernidade, o design se desenvolveu em estruturas aprimoradas criando novas profissões, como o Desenhista Industrial, o Programador Visual (evolução do arte-finalista e layoutman), e com a evolução da informática criou-se a função de Web designer para desenvolver sites na Internet.

Cada vez mais a modernização do design vem rompendo barreiras, como por exemplo, as cores fortes nos móveis e utensílios, bem como o uso do plástico para a confecção do material, o que serviu para baratear o custo da produção do produto. A partir do avanço da tecnologia e do mercado foram reavaliadas as propostas do design, transformando todo este estudo em uma tendência chamada Design Integrado, com o desenvolvimento das formas e encaixe das peças mais organizados e perfeitos. O avanço do design do carro influenciou o design das embalagens. As formas arredondadas, a cor metalizada e perolada, o pára-choque interessante e a aerodinâmica acrescentaram, e muito, para aprimoramento e mudança da forma. A partir deste encaixes, através das formas, onde, por exemplo, o carro foi arredondando-se e encaixando-se de forma mais organizada, ligando diretamente uma peça a outra, proporcionando um formato mais anatômico e acrescentado a cor perolada, temos um design integrado.

Fontes:
• www.xdesign.com.br
• Dicionário Aurélio
• Monografia de conclusão de curso de Rosana Silveira
.
.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Fale Conosco
"
Trabalhos Recentes
Sites para E-Commerce
Parceria
" "